Compartilhar
Publicado em
16/11/23 10:03 am

O que é a gestão do risco de crédito?

Conheça as soluções da CIAL e revolucione a sua gestão de dados de fornecedores
Ligamos para você
O que é a gestão do risco de crédito?

Muitos fornecedores e fabricantes vendem bens e serviços oferecendo crédito, ganhando clientes com a possibilidade de fazer o pagamento em uma data posterior. A gestão do risco de crédito comercial ajuda fornecedores a tomar decisões de empréstimo direto com base na saúde financeira de seus clientes, o que pode indicar sua capacidade de pagar no prazo.  

Aumentar a quantidade de crédito (conhecida como limite de crédito) a compradores qualificados pode reduzir o risco de atrasos ou não pagamento, o que pode expor os fornecedores a desafios financeiros.  

O crédito comercial é uma importante ferramenta de financiamento para qualquer empresa que decida comprar diretamente de um fornecedor, especialmente quando a intenção é realizar compras de forma contínua. A gestão do risco de crédito é a prática de determinar a solvabilidade: avaliar clientes novos e recorrentes de acordo com o risco de atraso ou falta de pagamento. É importante que os fornecedores cumpram a sua devida diligência para gerir o risco envolvido na concessão de crédito comercial, afinal, se um cliente não paga o saldo das cobranças é cancelado como dívida incobrável – e nenhuma destas opções é desejável.  

Compreendendo um perfil de risco comercial  

O acesso a informações comerciais precisas é crucial durante a avaliação do risco de crédito. Por isso, fornecedores exigem que os clientes cedam suas informações comerciais como parte de uma solicitação de crédito. Além disso, eles também consultam bureaus empresariais para complementar os dados fornecidos e se familiarizar com um novo cliente.  

Estes são alguns dos indicadores que podem ser utilizados para compreender o nível do risco associado à concessão de crédito comercial:  

  1. Referências comerciais: vendedores, bancos, proprietários e outros parceiros de negócios podem fornecer dados importantes sobre a experiência de pagamento de uma empresa para as bureaus. As referências comerciais podem mostrar pagamentos atrasados ou o não-pagamento em negociações anteriores e são fontes valiosas para os fornecedores considerarem antes de conceder crédito. As referências comerciais fazem parte dos relatórios de crédito das bureaus e as empresas sabem que seus clientes só apresentarão referências positivas em uma solicitação de crédito. Por isso, é importante buscar outras referências e equilibrar qualquer informação negativa que possa ser apresentada à bureau.  
  2. Informações bancárias e financeiras: todas as solicitações de crédito abrangentes exigirão informações bancárias para confirmar a relação entre o banco e o requerente. Além disso, a maioria das solicitações de crédito exige demonstrações contábeis (embora em alguns casos não seja necessário, por exemplo, para linhas de crédito menores). De acordo com a Credit Research Foundation, os gerentes de crédito sabem que empresas pequenas são mais propensas a apresentar demonstrações financeiras preparadas pela administração da empresa do que aquelas auditadas por um Contador Público Certificado.
  3. Pesquisa na internet: é muito provável que um gerente de crédito realize uma pesquisa geral na internet sobre um novo candidato a crédito. Caso a busca mostre uma publicação local informando que ele ganhou um prêmio ou expandiu seu negócio, essas informações funcionam em favor do candidato. Outras manchetes como mudanças frequentes na gestão ou até mesmo filiais que fecharam recentemente, podem indicar problemas em relação à saúde financeira da empresa e capacidade de pagamento.  
  4. Pontuação em relatórios de crédito: bureaus consideram muitos fatores ao calcular as pontuações de crédito de uma empresa. Os modelos estatísticos comparam o desempenho de uma companhia com o de empresas similares no mesmo setor ou região. O uso de análises preditivas pode revelar se um negócio está com o nível de desempenho inferior em relação à média ou se apresenta um risco financeiro maior. A aplicação dessas pontuações permite que uma empresa reduza a pesquisa independente e compreenda de maneira mais rápida os riscos associados ao fazer negócios com outra empresa.

Certamente as referências comerciais, informações públicas ou pontuações de crédito comercial também revelam informações positivas sobre uma companhia. De qualquer forma, as empresas devem estabelecer limites de crédito com base na confiança que têm na capacidade de pagamento do cliente.

Como tomar decisões de crédito comercial?

Os vendedores precisam responder a duas perguntas principais antes de concederem crédito a outras empresas:  

  1. Qual é a probabilidade da empresa não cumprir os pagamentos do empréstimo?: este tópico fala sobre a estabilidade financeira da companhia. Se o perfil de risco indica que a empresa está financeiramente estressada, os gerentes de crédito podem não querer ceder qualquer quantia de crédito comercial por medo de assumir uma dívida comercial incobrável. Companhias que possuem um bom estado financeiro podem ser melhores candidatas.  
  2. Quanto crédito comercial devo conceder?: mesmo empresas lucrativas enfrentam limites máximos sobre o que podem se permitir emprestar de forma rotativa. Uma vez tomada a decisão de conceder os fundos, a companhia de empréstimo determina um limite de crédito razoável e um cronograma de pagamento com base nas suas políticas de crédito – ambos os aspectos devem estar alinhados com a capacidade de pagamento do solicitante. Os fornecedores adotam uma variedade de abordagens ao estabelecer limites de crédito comercial. O montante pode ser baseado numa percentagem do patrimônio líquido do solicitante, ou o vendedor pode simplesmente corresponder ao que outras empresas emprestaram e recuperaram.

Soluções para a gestão de crédito comercial: CIAL Dun & Bradstreet

Há muitos recursos para ajudar empresas na gestão de riscos de crédito comercial. Na CIAL Dun & Bradstreet fornecemos acesso fácil a dados e análises detalhadas que determinam a solvência do cliente, além de pontuações de crédito, classificações e pesquisas sobre a empresa que ajudarão sua companhia a gerenciar possíveis riscos. Nossos relatórios de crédito apresentam vários tipos de pontuações e classificações para avaliação de risco, bem como um limite de crédito recomendado.

Eles podem ser adquiridos de forma individual ou como parte de uma assinatura – a segunda opção te dará mais benefícios, como o monitoramento contábil constante e alertas que o notificarão quando houver alguma alteração nas pontuações e classificações de crédito de um cliente.

Empresas que processam um grande número de solicitações de crédito geralmente gerenciam suas contas utilizando as mais sofisticadas soluções e programas de gestão de risco de crédito. Estas soluções, como as que temos, fornecem decisões automatizadas, classificações de crédito personalizadas (baseadas na tolerância ao risco do fornecedor), solicitações de crédito integradas on-line e a capacidade de apoiar clientes de crédito internacionais.

A gestão de risco de crédito comercial é essencial para tomar decisões de crédito e proteger o fluxo de caixa. Embora seja impossível eliminar todos os riscos, a riqueza de dados e ferramentas de gestão de riscos que temos à disposição das empresas ajuda na proteção contra dívidas pendentes e inadimplências.

A nossa base de 60 milhões de dados de empresas na América Latina, nos permite entregar a você materiais ricos e atualizados sobre o mercado

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.