Compartilhar
Publicado em
16/4/24 4:02 pm

O que é gestão de crédito?

Conheça as soluções da CIAL e revolucione a sua gestão de dados de fornecedores
Ligamos para você
O que é gestão de crédito?

Na rotina corporativa dos mais diversos segmentos e portes, a gestão de crédito entre empresas nas transações B2B é uma atividade que, quando bem executada, gera inúmeros benefícios para a longevidade e lucratividade da organização. Ela pode ajudar a solidificar relações entre companhias e impulsionar o crescimento de ambas as organizações.

Por outro lado, quando realizada sem cuidados, a concessão de crédito pode se transformar em um problema e trazer dificuldades para o gerenciamento financeiro do negócio.

Por isso, este artigo traz importantes detalhes sobre o que é a gestão de crédito e sobre ferramentas que podem auxiliar as corporações a conduzir esse processo de modo a otimizá-lo e extrair bons resultados. Confira agora!

O que é a gestão de crédito?

Nenhuma empresa opera sozinha, sem uma rede estratégica de fornecedores que disponibilize recursos como matéria-prima ou mesmo serviços, como a prestação de um serviço de internet, de telefonia ou de limpeza.

Ao negociar os termos de fornecimento de insumos ou serviços entre si, é comum que as empresas estabeleçam um prazo de pagamento, ou seja, o insumo ou serviço é cedido a crédito para a empresa contratante.

Isso apresenta inúmeras vantagens, para ambas as partes, sobretudo quando há expectativa de que a relação entre as empresas seja contínua: manutenção do capital de giro e flexibilidade financeira são alguns desses benefícios.

Mas também é preciso falar dos riscos dessa operação e é aí que o termo “gestão de crédito” ganha força.

A gestão de crédito é, de uma forma resumida, a atividade que se ocupa de avaliar a capacidade de pagamento de um cliente. Dessa forma, fornecedores devem estar continuamente buscando informações para avaliar a saúde financeira dos clientes e a capacidade dessas empresas de realizar pagamentos no prazo.

Para isso, as empresas fornecedoras de insumos e serviços precisam ter em mãos ferramentas que possibilitem fazer uma avaliação do perfil de risco de crédito do cliente. Como podemos perceber, a gestão de crédito é fundamental para a organização e solidez financeira de fornecedores de insumos e de serviços no B2B.

Esse é um ponto extremamente relevante, pois, a partir dele, podem ser definidas as regras desse crédito: o limite máximo para a concessão, o prazo de pagamento, que tipo de sanções ou multas vão haver em caso de atraso no pagamento, entre outros termos.

Por que a gestão de crédito é importante?

No Brasil, atualmente, cerca de 6,6 milhões de empresas encontram-se endividadas, de acordo com dados do Serasa Experian. Por isso, é muito importante monitorar corretamente os riscos de fornecer insumos ou serviços a crédito, e impedir que a sua empresa, vítima de dificuldades de recebimento de recursos devidos, engrosse essa estatística.

Como avaliar um perfil de risco comercial?

Informação é a palavra-chave na gestão de crédito. Ao fazer uma avaliação de risco de crédito, é comum que os fornecedores solicitem inúmeras informações aos clientes, para fazer uma avaliação dos riscos.

Entre as informações que costumam ser solicitadas estão: dados bancários e financeiros - como demonstrações contábeis - pontuação em relatórios de crédito, índices de liquidez e endividamento, perfil de crédito e eventuais restrições por parte do cliente.

Além disso, a empresa que pretende prestar um serviço a crédito pode também consultar referências comerciais com outros fornecedores que já tiveram experiências como determinado cliente.

De uma maneira objetiva, quando se fala em avaliação de risco de crédito, é fundamental responder a duas perguntas:

  • Qual a probabilidade de o cliente não realizar o pagamento? Se, na montagem do perfil de risco de um cliente, fica indicado que a empresa se encontra financeira pressionada, este pode não ser um bom cliente para conceder crédito, sob o risco de calote.
  • E quanto de crédito devo conceder, no máximo? Essa pergunta deve ser respondida pela equipe comercial partindo do conceito de que mesmo negócios sólidos e financeiramente estáveis devem estabelecer limites máximos sobre a quantidade de crédito que podem se permitir conceder de forma rotativa, para preservar o bom estado das finanças empresariais.

Quais ferramentas ajudam a gestão de crédito?

A gestão de crédito se beneficia de todas as inúmeras e recentes mudanças que estão sendo promovidas pela tecnologia. Atualmente, a automação de processos financeiros é uma forte tendência que reforça a relevância das decisões baseadas em dados e do aumento de eficiência proporcionado por essa prática.

Afinal, gerir uma carteira de crédito B2B exige realizar avaliações contínuas e estratégias para a redução de riscos.

O CIAL360 Credit oferece uma automação ágil, tornando possível a redução do tempo de execução de processos, permitindo às equipes dedicar mais tempo à estratégia do que à apuração manual de informações.

Além da automação, o recebimento de relatórios de risco comercial também auxiliam as equipes. Essas soluções consistem na contratação de uma empresa especializada na captura e apuração dos dados comerciais de negócios e que oferecem dados personalizados para auxiliar na tomada de decisão, como a CIAL, que permite que você tome decisões com apoio do maior banco de dados comerciais do mundo.

A nossa base de 60 milhões de dados de empresas na América Latina, nos permite entregar a você materiais ricos e atualizados sobre o mercado

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.